Oficinas de sustentabilidade integram ações de Projeto Social em Alfenas.

05/05/2016


Reutilização de cascas e sementes, vasos com garrafas pets e construções sustentáveis integram a programação das oficinas no Habitacional Vale do Sol.

O problema social e ambiental em nosso país é bastante visível e preocupante, principalmente pela falta de investimentos e pela má distribuição de renda, em educação, saúde, segurança e questões ambientais. Muitas vezes, a população mais carente sente-se impotente diante dos problemas vividos na própria pele. Com isso, surgem empresas com o intuito de buscar novas soluções, ideias, parcerias de modo que possam atuar a fundo nos problemas de cada comunidade e assim, ajudá-los a se unir em torno de objetivos comuns.

Em Alfenas, a URBIS Consultoria Social e Urbano fundada em 2012 é responsável pela realização de planos municipais setoriais, plano diretor participativo, trabalho técnico social, regularização fundiária, projetos sociais, dentre outros. Sua atuação é de grande importância nas comunidades para socialização de indivíduos que não possuem o contato com técnicas que os ensine a lidar com os problemas da própria realidade.

Recentemente, em parceria com a empresa Piso Ambiental, a URBIS proporcionou oficinas voltadas a educação ambiental e sanitária junto aos beneficiários do programa residentes no condomínio Residencial Vale do Sol, no Pinheirinho e no seu entorno. Este trabalho técnico social é obrigatório pelo Programa Minha Casa Minha Vida, do Governo Federal em parceria com a Secretaria Municipal de Habitação e Participação Popular da Prefeitura Municipal de Alfenas. De acordo com a URBIS, a principal demanda levantada foi a Gestão de Resíduos Domiciliares, para que tal gestão fosse colocada em prática pela própria comunidade do complexo habitacional Vale do Sol.

A primeira oficina realizada tematizou a importância da reciclagem com atividades que envolveram a separação dos lixos/resíduos que produzimos diariamente em casa, introduzindo-os para a realização de atividades de reaproveitamento desses resíduos. Foram criados vasos de garrafas pets nos canteiros dos prédios além da aproximação da população com a técnica de reciclagem. A segunda oficina proporcionou uma vivência técnica de como transformar o lixo orgânico em adubo para as plantas. Aprenderam a construir a sua própria máquina de adubo, e também foi reforçado a importância do cultivo de horta em casa possibilitando o consumo de alimentos mais frescos e com menos agrotóxicos. O ciclo de oficinas conclui-se com a construção de um banco com técnicas de bioconstrução no qual houve a participação de jovens, crianças e adultos.

Da redação interna da PISO Ambiental.

O resultado final desse esforço reverteu-se na qualificação do espaço urbano e melhores opções de moradia para a população.

Para acompanhar outras ações de educação ambiental acesse o Instagram e o Facebook da PISO Ambiental

Da Redação interna da PISO Ambiental.






Contato


ENTRE EM CONTATO



piso@piso.eco.br


+55 35 3011 8058

+55 35 99225 5414


SIGA-NOS